Resumo do curso

Tipos de curso Bacharelado e Tecnólogo

Quanto tempo dura até 10 semestres

Área de Conhecimento Ciências sociais aplicadas

Estágio Mínimo 200 horas

Como é o curso de Relações Públicas?

Como é a faculdade?

A formação em Relações Públicas capacita profissionais para construir, promover e preservar a imagem e reputação de empresas, marcas e instituições, por meio de projetos de comunicação. As estratégias criadas pelo graduado afetam as organizações, ao contribuir com a criação da identidade e da imagem corporativa.

Após terminar o curso, o estudante terá visão estratégica, focada nos negócios e na responsabilidade social, e saberá desenvolver políticas de relacionamento entre as empresas e o público. 

Como é o mercado?

O que você irá aprender?

O curso de Relações Públicas, embora seja da área da Comunicação, deve seguir normas próprias, segundo as Diretrizes Curriculares Nacionais definidas pelo Ministério da Educação (MEC). 

Seu currículo é formado por quatro eixos, complementares entre si: Formação Geral, Comunicação, Formação Suplementar e Relações Públicas. Para as atividades didáticas, são considerados o mínimo de 1.400 horas divididas entre os três primeiros eixos e 1.400 horas para o eixo específico de Relações Públicas. Além disso, 200 horas são de Atividades Complementares e 200 horas são para o estágio supervisionado.

No eixo de Formação Geral, há conteúdos de cultura geral e de formação ética e humanística, baseados nas áreas de Humanidades e Ciências Sociais Aplicadas. Mas também podem ser incluídos temas de outras áreas, de acordo com a grade definida pela instituição, além dos seguintes campos:

  • Filosofia;
  • Sociologia;
  • Economia;
  • Direito;
  • Antropologia;
  • Psicologia;
  • Estética e Artes;
  • Ciência Política;
  • Administração.

 

 

Já o eixo de Comunicação contempla assuntos teóricos e aplicados das Ciências da Comunicação, focando nos processos e práticas de relações públicas. Entre eles, estão:

  • Fundamentos teóricos da comunicação;
  • Linguagens, mídias e tecnologias.

O eixo de Relações Públicas traz conteúdos teóricos empregados a práticas laboratoriais. Algumas matérias básicas desse núcleo são:

  • Pesquisas de opinião e de imagem;
  • Diagnóstico, planejamento e gestão estratégica da comunicação;
  • Planejamento e organização de eventos;
  • Gerenciamento de crises;
  • Redação institucional, produção de mídias impressas, audiovisuais e digitais;
  • Comunicação em rede;
  • Portais corporativos, governamentais e comunitários;
  • Projetos sociais e culturais.

Por último, a Formação Suplementar é elaborada conforme o projeto de formação feito pela faculdade. Ela pode incluir:

  • Empreendedorismo e Gestão de Negócios;
  • Comunicação nos processos de governança corporativa;
  • Psicologia Social;
  • Estatística;
  • Relações Governamentais;
  • Cerimonial e Protocolo;
  • Ouvidoria.

Como é a rotina?

Quais são as áreas de atuação?

Quem se forma em Relações Públicas trabalha com a elaboração de estratégias de comunicação em empresas, organizações públicas, terceiro setor e agências de comunicação. Também pode assessorar pessoas públicas, como políticos.

O trabalho do relações públicas tem se tornado cada vez mais importante, considerando que a sobrevivência das organizações depende da imagem obtida junto aos seus públicos, além de seu campo de atuação está cada vez mais amplo, inclusive na internet. 

Quais são as habilidades exigidas?

Quais são as exigências do mercado?

Nota de corte para o curso de Relações Públicas

Sabia que, utilizando apenas o seu resultado do Enem, você pode entrar em diversos cursos de universidades federais, estaduais e privadas?

Para ajudar o estudante a entender as suas possibilidades, o Quero Bolsa desenvolveu o Simulador de Nota de Corte.

O sistema reúne os dados das últimas provas e mostra o desempenho mínimo para conseguir uma vaga em um dos programas educacionais do governo.

Veja vagas exclusivas no Quero Bolsa