Resumo do curso

Tipos de curso Bacharelado e Pós-graduação

Quanto tempo dura em média, 5 anos

Área de Conhecimento Engenharias

Estágio Mínimo 160 horas

Como é o curso de Engenharia de Controle e Automação?

Como é a faculdade?

A formação em Engenharia de Controle e Automação habilita profissionais para projetar, operar, administrar e dar a manutenção adequada aos equipamentos usados na indústria.

Quem trabalha nessa área é responsável pela automação dos processos produtivos da empresa e pode criar seu próprio sistema de automação ou dar suporte para os já implantados.

Como é o mercado?

O engenheiro de controle e automação pode trabalhar em concessionárias de energia, na automação de indústrias e prédios e na fabricação e aplicação de máquinas e equipamentos elétricos robotizados ou automatizados.

Também pode atuar com simulação, análise e emulação de grandes sistemas por computador.

O que você irá aprender?

O curso de Engenharia de Controle e Automação precisa seguir as regras básicas da área das Engenharias para funcionar, de acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais definidas pelo Ministério da Educação (MEC). 

Sendo assim, o currículo deve ter pelo menos 30% das horas com disciplinas básicas, entre elas, Administração, Matemática e Estatística, Eletricidade Aplicada, Fenômenos de Transporte, Física, Informática e Química. Já dentro dos conteúdos profissionalizantes estão:

  • Circuitos elétricos;
  • Eletrônica analógica e digital;
  • Instrumentação e sistemas de aquisição de dados;
  • Microcontroladores, sistemas embarcados e sistemas em tempo real;
  • Acionamentos e máquinas elétricas;
  • Acionamentos pneumáticos e hidráulicos;
  • Controle analógico e digital de equipamentos e processos;
  • Controle moderno via variáveis de estado;
  • Identificação, modelagem, análise e simulação de sistemas dinâmicos;
  • Redes industriais de comunicação para automação;
  • Controladores lógico-programáveis e sistemas supervisórios;
  • Algoritmos, estruturas de dados e interfaces homem-máquina;
  • Sistemas integrados de manufatura;
  • Sistemas e dispositivos mecânicos;
  • Robótica.

O curso tem carga horária mínima de 3.600 horas e duração média de cinco anos.

Como é a rotina?

Quem trabalha como engenheiro de controle e automação exerce, em seu dia a dia, funções de controle e automação de equipamentos, processos, unidades e sistemas de produção.

Também estuda, projeta e especifica materiais ou equipamentos e opera sistemas de medição e instrumentação eletroeletrônica e de acionamentos de máquinas.

Esse profissional ainda atua com robôs, sistemas de manufatura e redes industriais. 

Ele pode administrar e supervisionar equipes de trabalho, realizar estudos de viabilidade, executar e fiscalizar obras e serviços técnicos, além de fazer vistorias, emitindo laudos e pareceres técnicos.

Quais são as áreas de atuação?

O formado em Engenharia de Controle e Automação atua na indústria, desenvolvendo, operando e fazendo a manutenção de equipamentos e softwares para os processos industriais.

Por ter conhecimentos das áreas de Engenharia Elétrica, Mecânica e de Computação, o profissional tem espaço para modernizar equipamentos e expandir a competitividade das empresas que trabalha.

Quais são as habilidades exigidas?

Quais são as exigências do mercado?

O profissional deve ter o diploma em curso superior na área reconhecido pelo MEC e estar regularmente inscrito no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

 

 

Nota de corte para o curso de Engenharia de Controle e Automação

Sabia que, utilizando apenas o seu resultado do Enem, você pode entrar em diversos cursos de universidades federais, estaduais e privadas?

Para ajudar o estudante a entender as suas possibilidades, o Quero Bolsa desenvolveu o Simulador de Nota de Corte.

O sistema reúne os dados das últimas provas e mostra o desempenho mínimo para conseguir uma vaga em um dos programas educacionais do governo.

Veja vagas exclusivas no Quero Bolsa