Resumo do curso

Tipos de curso Bacharelado

Quanto tempo dura em média, 4 anos

Área de Conhecimento Ciências sociais aplicadas

Estágio Mínimo 210 horas

Como é o curso de Ciências Econômicas?

Como é a faculdade?

O curso de Ciências Econômicas, também intitulado de Economia ou Economia Empresarial e Controladoria, habilita profissionais para estudar os processos de distribuição de renda e produção de bens e serviços.

O economista tem grande conhecimento matemático e das relações humanas, além da capacidade de analisar os fenômenos econômicos levando em conta as características da sociedade, seus padrões de comportamento, questões políticas e relações sociais.

Como é o mercado?

O economista atua com intermediação financeira, seguros e previdência privada em empresas das diversas atividades econômicas. 

Também exerce funções na administração pública, na seguridade social e em empresas de consultoria econômica, assim como na agricultura, pecuária, indústria e em serviços relacionados.

Outros campos de trabalho são o comércio por atacado e em intermediários do comércio.

 

 

O que você irá aprender?

O curso de Ciências Econômicas, segundo as Diretrizes Curriculares Nacionais estabelecidas pelo Ministério da Educação (MEC), deve formar o aluno para, entre outros itens:

  • Entender as questões econômicas no seu contexto histórico-social;
  • Tomar decisões e resolver problemas numa realidade diversificada e em constante transformação;
  • Desenvolver raciocínios logicamente consistentes;
  • Ler e compreender textos econômicos;
  • Utilizar formulações matemáticas e estatísticas na análise dos fenômenos socioeconômicos;
  • Diferenciar correntes teóricas a partir de distintas políticas econômicas;
  • Utilizar adequadamente conceitos teóricos fundamentais da ciência econômica;
  • Ler e compreender textos econômicos.

Estatística, Matemática, Contabilidade Social e História Econômica são disciplinas que podem fazer parte do currículo.

O curso dura, em média, quatro anos e deve contemplar desde o exercício reflexivo até a capacidade de intervenção prática na realidade.

Como é a rotina?

No seu dia a dia, o economista atua nos mercados interno e externo, analisando o ambiente econômico, elaborando e executando projetos de pesquisa econômica, de mercado e de viabilidade econômica. 

Além disso, participa do planejamento estratégico e de curto prazo e avalia políticas de impacto coletivo para o governo, ONGs e outras instituições. O profissional também pode exercer mediação, perícia e arbitragem.

Quais são as áreas de atuação?

No mercado, o profissional de Ciências Econômicas pode atuar em empresas públicas e privadas, instituições financeiras e de ensino superior e indústrias.

Pode trabalhar, inclusive, em empresas de planejamento, assessoria e consultoria de projetos.

Quais são as habilidades exigidas?

As principais características do profissional de Ciências Econômicas, elencadas pelo Ministério do Trabalho, são:

 

  • Manter-se atualizado;
  • Subsidiar decisões;
  • Trabalhar em equipe;
  • Transmitir conhecimentos;
  • Capacidade de liderança; 
  • Capacidade de uso de recursos de informática;
  • Julgamento crítico;
  • Formular conceitos abstratos;
  • Raciocínio lógico;
  • Criatividade;
  • Aplicar métodos quantitativos;
  • Capacidade verbal em línguas estrangeiras.

Quais são as exigências do mercado?

Para atuação profissional, é preciso ter formação completa na área, em curso superior reconhecido pelo MEC, ou pós-graduação em Economia. O registro no Conselho Regional de Economia (Corecon) é obrigatório.

Nota de corte para o curso de Ciências Econômicas

Sabia que, utilizando apenas o seu resultado do Enem, você pode entrar em diversos cursos de universidades federais, estaduais e privadas?

Para ajudar o estudante a entender as suas possibilidades, o Quero Bolsa desenvolveu o Simulador de Nota de Corte.

O sistema reúne os dados das últimas provas e mostra o desempenho mínimo para conseguir uma vaga em um dos programas educacionais do governo.

Veja vagas exclusivas no Quero Bolsa